# Introdução
Até recentemente, a criação de scripts na Internet era algo que poucas pessoas ainda tentavam, e muito menos dominavam. Recentemente, mais e mais pessoas têm vindo a construir seus próprios websites e linguagens de script tornaram-se muito mais importantes. Devido a isso, linguagens de script estão ficando cada vez menos complicado de se aprender e PHP é uma das mais fáceis e mais poderosas.


# O que é PHP?
[Somente usuários registrados podem vem os links. ] significa Hypertext Preprocessor e é uma linguagem de [Somente usuários registrados podem vem os links. ]. Isso significa que o script é executado no seu servidor web, e não sobre o navegador do usuário, assim você não precisa se preocupar com problemas de compatibilidade. PHP é relativamente novo (em comparação com outras linguagens como Perl (CGI) e Java), mas está rapidamente se tornando uma das mais populares linguagens de script na Internet.


# Por que PHP?
Você pode estar se perguntando por que você deve escolher PHP dentre outras linguagens, ou mesmo porque você deve aprender uma linguagem de script. Vou falar com o aprendizado de linguagens de script primeiro.
Aprender uma linguagem de script, ou mesmo um entendimento, pode abrir possibilidades enormes para o seu site. Embora você possa fazer download de scripts pré-fabricados a partir de sites como Hotscripts, estes geralmente contêm publicidade para o autor ou não vai fazer exatamente o que você quer.

Com o entendimento de uma linguagem de script você pode facilmente editar esses scripts para fazer o que quiser, ou até mesmo criar seus próprios scripts. Os scripts em seu site permitem que você adicione várias novas "interações", recursos como formulários de feedback, guestbooks, fóruns, contadores e até recursos mais avançados, como sistemas de portais, gestão de conteúdos, publicidade, etc.
Com este tipo de coisa no seu site ele dará uma imagem de profissionalismo. Além disso, qualquer pessoa que queira trabalhar na indústria de desenvolvimento de site vai achar que é muito mais fácil conseguir um emprego, se eles souberem uma linguagem de script.



# O que eu preciso?
Você não precisa de nenhum software em especial, exceto por um editor de texto (como o Notepad do Windows ou excelente e gratuito Notepad ++). Executando o aplicativo você estará pronto para escrever seu primeiro script PHP.


# Declarando PHP
Scripts PHP são sempre colocados entre duas tags. Este diz ao seu servidor para analisar as informações entre eles como PHP. As três formas diferentes são as seguintes:

Código PHP:
<?
Seu código PHP é Aqui
?>

<? php
Seu código PHP é Aqui
?>

<script language ="php">
Seu código PHP é Aqui
</ Script>
Todos estes funcionam exatamente da mesma maneira, mas neste tutorial eu estarei usando a segunda opção (<?php e ?>). Você deve se lembrar de começar e terminar o seu código com a mesma marca (você não pode começar com <? e terminar com php?>, por exemplo).


# Escrevendo seu primeiro script
O primeiro script PHP a ser escrito é muito básico. Tudo o que vai fazer é imprimir todas as informações sobre o PHP em seu servidor. Digite o seguinte código em seu editor de texto de escolha:

Código PHP:
<? php
phpinfo 
();
?>
Como você pode ver, isso na verdade é apenas uma linha de código. É uma função padrão do PHP chamada phpinfo que irá dizer ao servidor para imprimir uma tabela padrão que lhe dá informações sobre a configuração do servidor.

Uma outra coisa que você deve observar nesse exemplo é que a linha termina com um ponto e vírgula. Isso é muito importante. Tal como acontece com muitos outros scripts e linguagens de programação quase todas as linhas são terminadas com um ponto e se você esquecer receberá um erro.


# Terminando e testando seu script
Agora que você terminou seu script, salve como phpinfo.php e faça upload para o servidor. Agora, usando seu navegador, acesse a URL do script. Se ele tem trabalhado (e se o PHP é instalado no servidor), você deve ter uma página enorme cheio de informações sobre o PHP em seu servidor.

Se o script não funcionar e aparecer uma página em branco, você deve ter digitado errado seu código ou seu servidor não suporta esta função (embora eu ainda não encontrei um servidor que não suporte). Se, ao invés de uma página a ser exibida, você precisar baixar o arquivo, o PHP não está instalado no seu servidor e você deve procurar um novo provedor de hospedagem ou peça ao seu host atual para instalar o PHP.

É uma boa ideia manter esse script para uma referência futura.


# Mostrando informações e Variáveis
# Impressão de Texto
"imprimir" um texto em seu script PHP é realmente muito simples. Como na maioria das outras coisas em PHP, você pode fazê-lo de várias maneiras diferentes, porém, a instrução Print é a principal.

A instrução print é usada da seguinte maneira:

Código PHP:
<? php
print("Olá mundo!");
?>
Vamos explicar a linha acima:

Print é o comando e diz ao script o que fazer. Isto é seguido da informação a ser impressa, que está contido nos parênteses. Porque você é produzir texto, o texto também é colocado entre aspas. Finalmente, como acontece com quase todas as linhas em um script PHP, que deve terminar com um ponto e vírgula.

O resultado será algo parecido com:

Código PHP:
Olá mundo

# Variáveis
Tal como acontece com outras linguagens de programação, PHP permite que você defina variáveis. No PHP existem vários tipos de variáveis, mas a mais comum é chamada de String. Ela pode armazenar textos e números. Todas as cadeias começam com o sinal $. Para atribuir um texto para uma string você poderia usar o seguinte código:

[php]$Welcome_text = "Olá, bem vindo ao meu website.";[/php
Esta é uma linha de código simples de se entender, tudo dentro das aspas será atribuído para a cadeia. Vale lembrar que você deve saber algumas regras sobre Strings.

  • Strings são MUITO sensíveis, portanto $Welcome_Text não é o mesmo que $welcome_text.
  • Strings de nomes podem conter letras, números e sublinhados, mas não podem começar com um número ou sublinhado.
  • Ao atribuir números para strings você não precisa incluir as aspas.

Código PHP:
$tut_number 1234

# Produzindo variáveis
Para exibir uma variável na tela, se usa exatamente o mesmo código para exibir o texto, mas em uma forma ligeiramente diferente. O código a seguir mostraria seu texto de boas vindas:

Código PHP:
$Welcome_text "Olá, bem vindo ao meu artigo.";
print(
$welcome_text); 
Como você pode ver, a única grande diferença é que você não precisa das aspas se estiver imprimindo uma variável.


# Formatando seu texto
Diferente do PHP, é muito fácil formatar o texto usando HTML. Isto porque, como o PHP é uma linguagem do lado do servidor, o código é executado antes que a página é enviada ao navegador. Isso significa que apenas as informações resultantes do script são enviadas, então no exemplo acima, o navegador apenas enviou o texto: Olá e bem vindos ao meu artigo. Isto significa que você pode incluir código HTML padrão em seus scripts e strings. O único problema com isto é que HTML tags utilizam muito o sinal ". Você pode perceber que este irá colidir com as aspas usadas para imprimir o texto. Isso significa que você deve dizer ao script quais aspas devem ser usadas (os no início e no final da saída) e quais devem ser ignoradas (os do código HTML). Para este exemplo vamos alterar o texto para a fonte Arial no vermelho.

O código normal para este seria:
Código PHP:
<Font face ="arial" color ="# FF0000">
</ 
Font
* Nunca use estilos em linha em seus projetos! Escrevi apenas como exemplo.

Como você pode ver este código contém 4 aspas para se confundir o script. Por isso, você deve adicionar uma barra invertida antes de cada aspa para fazer o script PHP ignorá-lo. O código seria mudado para:

Código PHP:
<font color=\"#FF0000\"> face=\"Arial\">
</ Font> 
Agora você pode incluir isso em sua declaração de impressão:

Código PHP:
print("<font color=\"#FF0000\" face=\"Arial\">Olá e bem vindo ao meu artigo.</font>"); 
que fará a exibição do navegador:

Código PHP:
<? php print("<font color=\"#FF0000\" face=\"Arial\">Olá e bem vindo ao meu artigo.</font>"); ?>
porque só foi en***** o código:

Código PHP:
<font face ="Arial" color ="#FF0000"Olá e bem vindo ao meu artigo.</font

# Conclusão
Neste tutorial eu apresentei-lhes as noções básicas da escrita e execução do PHP. A essa altura você já deve saber se sua máquina suporta PHP e deve ter um entendimento básico de como scripts PHP são estruturados.


----------

Ufa! enfim acabou : by Matcher


Tradução: Google
Fonte: [Somente usuários registrados podem vem os links. ]